0:00
0:00

Surat Al-Hachr(1). O que há nos céus e o que há na terra glorificam a Allah. E Ele é O Todo-Poderoso, O Sábio.
____________________
(1) Al Hachr: infinitivo substantivado de hachara, reunir pessoas. Essa palavra, que nomeia a sura, aparece no versículo 2. A glorificação universal de Deus dá início à sura, que ratifica ser Ele O Todo-Poderoso, O Sábio. Narra o desterro da tribo Bani An-Nadir, parte da comunidade judaica que habitava Al Madinah, por ocasião da emigração de Muhammad e seus seguidores a essa cidade. Nessa época, esses judeus concertaram um pacto com os moslimes de permanecerem neutros, em sua disputa com os Quraich, ferrenhos inimigos do Profeta. Ocorre que na batalha de Uhud, foram derrotados os moslimes, e os judeus de Bani An-Nadir romperam o pacto feito e aliaram-se aos Quraich. Após essa batalha, os moslimes assediaram os Bani An-Nadir, que se encontravam protegidos em suas fortalezas. Todavia, não mais suportando o assédio, esses judeus, intencionando deixar, para sempre, a cidade de Al Madinah, pediram ao Profeta os deixasse partir a salvo, no que foram atendidos, ficando, porém, seus espólios, obtidos sem batalha, para serem distribuídos, não entre os combatentes, pois não houvera combate, mas entre os órfãos, os necessitados e outros. A sura ainda faz apologia à nobre atitude dos habitantes genuínos de Al Madinah, Al Ansar, que preferiram legar os espólios aos emigrantes. Censura, outrossim, a atitude dos hipócritas, que, havendo prometido aos judeus ajuda contra os moslimes, não o fizeram. Conclui, fazendo notar aos crentes que devem, sempre, temer a Deus e estar prontos para o Dia do Juízo, e ressaltando o valor do Alcorão, que é Revelação de Deus, a Quem pertencem os mais sublimes epítetos.
Ele é Quem fez sair, de seus lares, os(1) que renegaram a Fé, dentre os seguidores do Livro, quando do primeiro êxodo(2). Não pensastes que eles sairiam. E eles pensaram que suas fortalezas os abrigariam de Allah. Mas Allah chegou-lhes por onde não supunham, e arrojou o terror em seus corações: arruinaram suas casas, com as próprias mãos e com as mãos dos crentes. Então, tomai lição disso, ó vós dotados de visão!
____________________
(1)Os: os judeus da tribo Bani An-Nadir. (2) Alusão á primeira de uma série de expulsões dos judeus de Al Madinah.
E não lhes houvesse Allah prescrito o desterro, havê-los-ia castigado, na vida terrena. E terão, na Derradeira Vida, o castigo do Fogo.
Isso, porque discordaram de Allah e de Seu Mensageiro. E quem discorda de Allah, por certo, Allah é Veemente na punição.
O que cortastes de tamareiras, ou o que delas deixastes de pé foi com a permissão de Allah e para ignominiar os perversos.(1)
____________________
(1) Isso ocorreu durante o assédio moslim aos judeus de AI Madinah.
E o que de seus espólios(1) Allah fez chegar a Seu Mensageiro, sem combate, vós, para isso, não estimulastes nem cavalos nem camelos; mas Allah dá a Seus Mensageiros dominação sobre quem Ele quer.(2) E Allah, sobre todas as cousas, é Onipotente.
____________________
(1) Dos judeus, que foram desterrados. (2) Ou seja,"... não precisastes combater". Na verdade, os espólios dos Bani An-Nadir foram deixados para estes, quando de seu desterro de Al Madínah, e não deixados porque, em combate, houvessem sido derrotados pelos moslimes. Sendo assim, estes não deviam ter acesso a eles, como espólio de guerra, tanto que, segundo o versículo, os mesmos foram distribuídos de outra forma.
O que dos espólios dos habitantes das aldeias Allah faz chegar, sem combate, a Seu Mensageiro, é de Allah, e do Mensageiro, e dos parentes deste, e dos órfãos, e dos necessitados, e do filho do caminho(1) para que isso não seja alternado entre os ricos dos vossos. E o que o Mensageiro vos conceder, tomai-o; e o de que vos coibir, abstende-vos dele. E temei a Allah. Por certo, Allah é Veemente na punição.
____________________
(1) Cf. II 177 n1.
Os espólios são, também, dos pobres emigrantes, que foram expulsos de seus lares e privados de suas riquezas, ao buscarem favor de Allah e agrado, e ao socorrerem a Allah e a Seu Mensageiro. Esses são os verídicos.
E os(1) que habitaram o lar(2) e abraçaram a Fé, antes deles, amam os que emigraram para eles, e não encontraram em seus peitos cobiça do que Ihes(3) foi concedido. E preferem-nos a si mesmos, mesmo estando em necessidade. E quem se guarda de sua própria mesquinhez, esses são os bem aventurados.
____________________
(1) Os: Al Ansar, os genuínos habitantes de Al Madinah. (2) Alusão à cidade de Al Madinah. (3) Lhes: aos emigrantes, que receberam parte dos espólios dos Bani An-Nadir.
E os que chegaram, depois deles, dizem: "Senhor nosso! Perdoa-nos e a nossos irmãos, que se nos anteciparam, na Fé, e não faças existir, em nossos corações, ódio para com os que crêem. Senhor nosso! Por certo, és Compassivo, Misericordiador."
Não viste os que são hipócritas? Dizem a seus irmãos que renegam a Fé, dentre os seguidores do Livro(1): "Em verdade, se vos fizerem sair, sairemos convosco e jamais obedeceremos a alguém contra vós; e, se fordes combatidos, socorrer-vos-emos." E Allah testemunha que, por certo, eles são mentirosos.
____________________
(1) Os judeus da tribo Bani An-Nadir.
Em verdade, se os fizerem sair, não sairão com eles(1); e, se forem combatidos, não os socorrerão. E, se os socorressem, fugiriam voltando as costas; em seguida, eles não seriam socorridos.
____________________
(1) Eles: os judeus da tribo Bani An-Nadir
Em verdade, vós sois mais veementes, em causar pavor em seus(1) peitos, que Allah. Isso, porque são um povo que não entende.
____________________
(1) Seus: dos hipócritas.
Juntos, não vos combaterão, senão em aldeias fortificadas, ou atrás de muros. Sua fúria, entre eles é veemente. Tu os supões unidos, enquanto seus corações estão dispersos. Isso, porque são um povo que não razoa.
São iguais aos(1) que foram antes deles, há pouco. Experimentaram a nefasta conseqüência de sua conduta, e terão doloroso castigo.
____________________
(1) Referência aos inimigos do Profeta, mortos na batalha de Badr.
São iguais a Satã, quando disse ao ser humano: "Renega a Fé!" Então, quando renegou a Fé, disse aquele: "Por certo, estou em rompimento contigo; por certo, temo a Allah, O Senhor dos mundos!"
Então, o fim de ambos é estarem no Fogo; nele serão eternos. E esta é a recompensa dos injustos.
Ó vós que credes! Temei a Allah, e que toda alma olhe o que ela antecipou, para o amanhã(1). E temei a Allah. Por certo, Allah, do que fazeis, é Conhecedor.
____________________
(1) Ou seja, para o Dia do Juízo.
E não sejais como os que esqueceram a Allah; então, Ele os fez esquecer a si mesmos. Esses são os perversos.
Não se igualam os companheiros do Fogo e os companheiros do Paraíso. Os companheiros do Paraíso são os triunfadores.
Se houvéssemos feito descer este Alcorão sobre uma montanha, vê-la-ias humilde, rachada, por receio de Allah. E estes exemplos, propomo-los, para os homens, a fim de refletirem.
Ele é Allah. Não existe deus senão Ele, O Sabedor do invisível e do visível, Ele é O Misericordioso, O Misericordiador.
Ele é Allah. Não existe deus senão Ele, O Rei, O Puro, A Paz, O Confortador, O Predominante, O Todo-Poderoso, O Transcendente, O Orgulhoso. Glorificado seja Allah, acima do que idolatram!
Ele é Allah, O Criador, O Iniciador da criação, O Configurador; dEle são os mais belos nomes. O que há nos céus e na terra glorifica-O. E Ele é O Todo Poderoso, O Sábio.
السورة التالية
Icon